Ministério da Ciência e Tecnologia
Ciência e Tecnologia

Aplicação de Técnicas Isotópicas no Desenvolvimento das Sociedades em debate

O “Café com Ciência e Tecnologia” deste mês, traz para à montra do debate o tema “Aplicação de Técnicas Isotópicas no Desenvolvimento das Sociedades”.

São convidados para estes debates, os diferentes actores do Sistema Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação de Angola (SNCTI) e as conclusões e recomendações deles saídas são convertidas em linhas de investigação para a resolução dos principais problemas identificados em cada uma das temáticas.

O termo isótopo foi criado pelo químico Inglês Frederick Soddy em 1913, para designar as diferentes espécies do mesmo elemento. Os isótopos podem ser utilizados com marcadores (traçadores) em diferentes áreras do conhecimento incluindo as da medicina, hidrologia e geociências em geral ou como fontes de energia.

Instituído em 2015, pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, os Cafés com Ciência e Tecnologia são espaços de debate de temas da actualidade e pretendem ser um catalisador na criação de uma verdadeira sociedade do conhecimento, cumprindo desta forma com um dos grandes desideratos plasmados na Política Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação de Angola.

Em Angola, o Centro Tecnológico Nacional – CTN, com sede em Luanda, contempla nas suas linhas de investigação a utilização de técnicas isotópicas. Orientadas nesta fase essencialmente para as áreas de Geociências, o CTN, com apoio da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), estabeleceu o Laboratório de Traçadores Radioactivos (LTR), que se dedica a investigação científica aplicada e prestação de serviços.